Sejam bem-vindos ao mundo da viola caipira.

Esse espaço é para todos aqueles que amam a viola caipira.

Os primeiros passos para aprender a tocar um instrumento são sempre os mais difíceis,e os caminhos são muito longos e que exige bastante esforço.
E por isso,é muito importante contar com um bom material de apoio.

Eu estou aqui para contribuir com o crescimento da nossa *viola caipira*,trazendo algumas imformações que vai ajudar no aprendizado de todos os amantes da viola.

Aqui você vai encontrar tudo sobre teoria,tecnicas,ritmos,acordes,cifras e muito mais para você aprender a tocar viola de uma vez por todas.

O objetivo aqui é direcionar o estudo da *viola caipira*,aos iniciantes e iniciados,visando uma linguagem bem simples e direta,para desenvolver o conhecimento necessário (Teórico e pratico),para que desta forma,toquem sem muitas dificuldades.

Vou deixar bem claro que para ter um resultado satisfatório dependerá,única e exclusivamente,da sua dedicação e perseverança nos estudos.

Então vamos entrar no mundo da *viola caipira*.

13 de jan de 2009

Montagem dos acordes menores. 2ª Parte

Vamos montar o acorde de Em (Mi menor), Precisamos saber quais as notas

Que formam esse acorde.

Usaremos a tabela das tríades como exemplo:

Temos: E G B no caso, tônica, terça menor e quinta.

No 1º par eu tenho a nota B que é a quinta.


No 2º par eu tenho a nota G que é a terça menor.


No 3º par eu tenho a nota E que é a repetição da tônica.


E no 4º par eu tenho a nota E que será a tônica do acorde.


Bom, aqui eu tenho o meu acorde de Em montado.



Ai você me pergunta, mas e esse acorde aqui é Em?




No 4º par eu tenho a nota B, nesse tipo de acorde nós não tocamos

Essa nota. Porque se nós tocar essa nota, esse acorde não será

Mais Em, e sim um Em/B.

A tônica desse acorde foi substituída pela nota B que é o

5º (Grau). Esse acorde está com a 5ª no baixo, está na sua 2ª inversão.

Mas aqui não vou entrar em detalhes sobre, inversões. Essas inversões podem ser ignoradas por enquanto, vamos entrar em detalhe quando falarmos de harmonia.

Vou dar um exemplo do que pode ser feito. Quando aparecer um acorde

De Em/B (mi menor com baixo em si), indica que a tônica do acorde não será mais o E,

Agora vai ser o B que é a 2ª inversão.


Podemos então simplesmente eliminar a (/) e a letra que vem depois da barra.

Podemos então dizer que esse acorde é um “Em”.


A maioria dos violeiros faz isso. Por que fica mais fácil....





Nenhum comentário:

 
Viola Sem Fronteira -2.008- Todos os Direitos Reservados / Por W.Rweb